passada da vida e com os cabelos em pé!

23 de Julho de 2017

Uma gaja sai de casa com aquele mindset da praia 👙🕶️🌞 e vai daí o #Léo-passado-da-vida 🤪 – ah e tal que quero conhecer o castelo 🏰, e pumba, bora lá subir 👣👣👣 para chegarmos bem quentinhos à praia que não é para meninos com medo de água fria 😬.

A caminhada até ao castelo é curta e fácil (4km),  e o calor é compensado à chegada, onde o vento estava no ponto para nos refrescar ❄️❄️❄️  Há esplanada  junto à Igreja do Castelo: café e uma farinha torrada 🍪, que longe de ser das melhores, ainda assim uma bombinha de calorias para compensar 😁

 

Mais 5 kms para chegar à praia, onde a água (como sempre) estava no ponto para nos tirar os calores.
Praia do Ribeiro do Cavalo, a primeira vez que lá fui achei que estava na praia mais divinal-de-sempre-para-todo-o-sempre 😍, o caminho até à praia, aquela água com vários tons de paraíso, toda a natureza que a rodeia…e a falta de seres humaninhos – Apaixonada 💞

 

Euzinha adooooro partilhar estas coisas lindas 😍,  mas tem que fazer sentido (né?), talvez com mais um ou dois malucos com gosto por caminhos de terra e pedras, que não se importam de deixar o carro a 2km de distância da toalha, nem com a temperatura da água, ou com a falta de um café, de um caixote de lixo ou de uma casa de banho – em troca de um cenário e uma tranquilidade brutais. Até à data só lá levei os dois zucas do meu coração ❤️❤️

20170723_153353
#passadasdavida #congelamdescontraidamente (Praia do Ribeiro do Cavalo)
20170723_164144
#léopassadodavidapasseia-se (Praia do Ribeiro do Cavalo)

Ficou famosa, saiu nas revistas😎, foi partilhada nas redes sociais e encheu. Até aqui tudo bem 🤔
Não posso querer (por mais que queira) 😉 que estes pedaços de éden sejam privilégio de poucos. O que eu quero é que não urinem😮, nem defequem à entrada da praia 💩, não deixem garrafas, sacos, restos de comida, chapéus de sol e geleiras com comida a apodrecer 😨. Não. Não estou a exagerar, até porque aqui é impossível que percebam o cheiro nauseabundo nos últimos metros do caminho até à chegada à praia, deixou-me sem palavras, quase sem ar 🤢 e com vergonha desta espécie.

Há uma quantidade, assustadoramente grande, de gente porca-javarda-nojenta, incivilizada, mal-educada, besta, egoísta, mimada, inconsciente, inconsequente…que me deixa passada da vida e com os cabelos em pé! Farta desta raça.

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s