zuca e tuga

Amigas, parceiras, exageradas, insatisfeitas, gratas, “trankilas”, mães, filhas, loucas, cheias de incerteza;
nem putas, nem santas, “malucas beleza”.
Nós vamos. Aliás já estamos a ir! Nós somos A Viagem, minha amiga!
Nós somos o viajante e o caminho, e somos tão passageiras e tão inteiras, cheias de sorte e de gargalhadas e de histórias embrulhadas.
E quando andamos por aí a pisar caminhos nós somos melhores que qualquer estrela de cinema, tão falidas que não temos um único aborrecimento financeiro, e as nossas desgraças são amendoins.
E inventamos histórias mirabolantes em que acabamos mortas na praia de nariz partido e com uma etiqueta no pé, e fins menos próprios para filmes românticos
Queremos pôr o pé na estrada, e bye bye para essa merda de ter que ter, de ser por ser, de andar penteada, de ter a casa arrumada, a cara lavada, de ter um deus, e tanta coisa que não nos interessa nada.
A gente quer ser nómada de nós, com uma vontade desenfreada, a gente também só quer ficar sossegada.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s